Programação Oficial do 8º LEDforum

O LEDforum reúne grandes nomes do lighting design e de especialidades correlatas para discutir a aplicação de novas tecnologias, conceitos e rumos da arquitetura da iluminação e de sua indústria.
Para 8ª edição do evento, procuramos selecionar assuntos que refletem as questões mais iminentes desse universo. Dentre elas, destacamos a preocupação com o bem-estar do ser humano e do seu entorno, a criação de ferramentas inovadoras, discussões sobre inquietações acerca do rumo e do futuro da profissão do lighting designer, projetos premiados, arte com luz e tecnologia e muito mais.
Conheça os palestrantes já confirmados para o LEDforum 2017:

 

Catherine Pérez Vega

Panamá / Alemanha

Cresceu na Cidade do Panamá, no Panamá. Entre 2009 e 2011, estudou francês na Universidade de Montreal, Canadá. Depois disso, mudou-se para a Europa, onde de 2011 a 2014 estudou Design de Produto na École Supérieure de Design de Troyes, França, obtendo seu diploma de bacharel em 2015.
Em seguida, em razão de oportunidades profissionais – uma no escritório de design Carré Basset, como assistente do diretor artístico; e outra na Beau & Bien Lightning Sculptor, como designer assistente de iluminação, mudou-se para Paris, França. Tais experiências a levaram a descobrir o mundo de lighting design.
Hoje, ela é estudante no Programa de Mestrado em Design de Iluminação Arquitetônica na Hochschule Wismar, Alemanha, onde tem vivenciado a sensibilidade multidisciplinar e poética da arquitetura de iluminação.
Catherine apresentará a palestra "O Projeto de Iluminação e suas Consequências Ambientais na Flora e na Fauna. Recomendações aos Lighting Designers", que foi vencedora do concurso de trabalhos acadêmicos do seminário Light Symposium Wismar 2016, na Alemanha, do qual a L+D tem a honra de ser patrocinadora e membro do júri.

Christopher Bauder

Alemanha

Começou a criar projetos e instalações utilizando a luz em larga escala após se formar em Mídia Digital na Universidade das Artes de Berlim, em Alemanha. Seus projetos são focados na transformação de bits e bytes em objetos e ambientes e vice-versa. Espaço, objeto, som, luz e interação são os elementos-chave de seu trabalho.
Em 2004, ele fundou o estúdio multidisciplinar de arte e design WHITEvoid, em virtude da necessidade de produzir suas instalações de arte e design em larga escala.
O estúdio é composto de especialistas em design de interação, design de mídia, design de produtos, arquitetura de interiores e engenharia eletrônica.
Bauder expôs instalações e apresentou performances em eventos e espaços como o Centro Georges Pompidou, em Paris, França; o Festival MUTEK, em Montreal, Canadá; e o Museu Nacional de Belas Artes, em Taiwan. Seus projetos tiveram reconhecimento mundial, incluindo vários prêmios Cannes Lions de publicidade, o Prêmio Alemão de Design de Iluminação, o Prêmio Alemão de Design, o Red Dot Awards e o iF Design Award de comunicação.
Christopher Bauder vive e trabalha em Berlim, Alemanha.

Christopher Cuttle

Nova Zelândia

Christopher “Kit” Cuttle, MA, FCIBSE, FIESNA, FSLL, é educador em iluminação, lighting designer e autor. Durante sua longa carreira, ocupou os cargos de chefe de educação de pós-graduação em Iluminação no Centro de Pesquisa de Iluminação, Instituto Politécnico Rensselaer, em Nova York, Estados Unidos; professor sênior nas Escolas de Arquitetura da Universidade de Auckland e da Universidade Victoria de Wellington, ambas na Nova Zelândia; coordenador do serviço de assessoria de luz diurna da Pilkington Glass e lighting designer na Derek Phillips Associates (hoje dpa Lighting Consultants), ambos no Reino Unido.
Além de mais de 120 artigos, muitos deles publicados, Kit é autor de três livros: Lighting by Design, Architectural Press, 2008; Light for Art’s Sake, Butterworth Heinemann, 2007; e Lighting Design: A perception-based approach, Routledge, 2015.
Suas premiações recentes incluem os prêmios Leon Gaster 2011 da SSL – Society of Light e Lighting, por seu trabalho A New Direction for General Lighting Practice, pesquisa em tecnologia de iluminação; e o Lifetime Achievement Award 2013, apresentado no PLDC – Professional Lighting Design Convention, em Copenhague, Dinamarca.

Claudio Ramos

Brasil / EUA

É um dos principais designers de iluminação dos Estados Unidos, com quase 30 anos de experiência na área. É membro profissional do IALD – International Association of Lighting Architects. Claudio é titular do premiado escritório Electrolight, em São Francisco, Estados Unidos.
Como diretor, suas responsabilidades incluem liderar o trabalho de design da Electrolight em São Francisco e no restante dos Estados Unidos. A formação educacional de Claudio em Arquitetura, somada a sua experiência na indústria de iluminação internacional, fornece o equilíbrio ideal de conhecimentos técnicos e soluções inovadoras.
Claudio projetou a iluminação para uma ampla gama de projetos internacionais que variam em tamanho e complexidade e incluem iluminação interior e exterior e design de controles, bem como design de luminárias customizadas. Sua experiência inclui projetos de escritórios, residências de alto luxo, iluminas de paisagismo e de áreas externas, restaurantes, shopping centers, lojas, hotéis, hospitais e laboratórios clínicos.

Emily Monato

Estados Unidos

Graduada em Design de Interiores pela Universidade de Wisconsin, Estados Unidos, Emily Monato mudou-se para Nova York em 1989 para trabalhar como estagiária da Associação Internacional de Lighting Designers (IALD).
Em 1992, associou-se a Renée Cooley Lighting Design e, em 1993, tornou-se diretora da empresa, agora chamada Cooley Monato Studio (CoMoS).

Sua abordagem em projetos de iluminação reflete a filosofia da CoMoS, de integrar a luz em elementos arquitetônicos. Os projetos sob sua direção foram reconhecidos com inúmeros prêmios, incluindo os prestigiosos prêmios IALD Award of Excellence 2017 e IES Award of Merit, ambos pelo projeto da loja Barneys, em Nova York.

Emily faz parte do corpo docente da New York School of Interior Design e do curso de Lighting Design da Parsons School of Design, além de ministrar e organizar palestras, seminários e treinamentos em iluminação arquitetural em Nova York e norestante dos Estados Unidos. É membro da IALD e do Illuminating Engineering Society of North America (IESNA).

Hanan Peretz

Israel

Arquiteto com mestrado em Arquitetura da Iluminação pela universidade sueca KTH – Royal Institute of Technology (Instituto Real de Tecnologia) e doutorando em Planejamento Urbano e Projetos Digitais pela universidade suíça EGS, Hanan também é palestrante em diversas universidades em Israel, além de trabalhar em diversos projetos internacionais. Sua tese de mestrado Street Lighting = Humans + Space + Light (Iluminação Pública = Seres humanos + Espaços + Luz), uma sugestão de método para melhorar a experiência noturna urbana, tem sido apresentada em diversas conferências de iluminação pela Europa.

Há seis anos, abriu seu escritório, com um portfólio variado de projetos, como projetos comerciais de pequeno porte, apartamentos de alto padrão, coberturas, projetos residenciais, edifícios históricos, projetos de planejamento urbano e edifícios institucionais.

Sua experiência demonstra quão importante é incluir aspectos e elementos diversos no projeto arquitetônico, incluindo a luz, sua principal motivação.

Dra. Magda Havas

Canadá

É professora associada na Trent School of the Environment da Universidade Trent, Canadá, onde ensina e faz pesquisas sobre os efeitos nocivos da poluição eletromagnética nos seres humanos e em outras espécies e os efeitos benéficos das terapias eletromagnéticas.
Dra. Havas fez seu doutorado na Universidade de Toronto, Canadá, e realizou pesquisas de pós-doutorado na Universidade Cornell, em Nova York, Estados Unidos, antes de retornar ao Canadá. Ela trabalha com diabéticos, pessoas com esclerose múltipla, zumbido, fadiga crônica, fibromialgia e aqueles que são eletricamente hipersensíveis.
Sua pesquisa mais recente envolve testar a eficácia das terapias eletromagnéticas pulsadas e a luz para a cura e bem-estar. Atua, ainda, como conselheira científica de várias organizações governamentais e não governamentais no Canadá, nos Estados Unidos, na Europa, no Reino Unido, na África do Sul, no Nepal e na Austrália.
É coautora do livro Public Health SOS: The shadow side of the wireless, Createspace Independent Publishing Platform, 2009. Além disso, editou três livros e foi autora de mais de 130 publicações. Desde 2000, já palestrou centenas de vezes como convidada em mais de 24 universidades em 20 países.
Dra. Havas tem sido cada vez mais convidada a dar palestras em conferências médicas e de saúde sobre os efeitos biológicos e para a saúde da poluição eletromagnética e as formas de ajudar aqueles que desenvolveram hipersensibilidade elétrica.

Nora Imaz

Espanha

Criada em Donostia-San Sebastián, uma pitoresca cidade basca no norte da Espanha, Nora graduou-se em Desenho Industrial em 2008 pela tradicional Universidade de Mondragon, com uma dissertação que explorou sistemas de iluminação reativos.

Em 2010, ingressou no Mestrado em Arquitetura da Iluminação na universidade sueca KTH – Royal Institute of Technology (Instituto Real de Tecnologia), onde teve a oportunidade de adquirir uma visão abrangente e centrada no ser humano sobre a matéria, adquirindo suas habilidades de maneira criativa e experimental.
Durante esse período, fez parte do grupo que desenvolveu os workshops do EILD – Encontro Ibero-Americano de Lighting Designers 2012 em Querétaro, México.

Depois de concluir seus estudos na KTH em 2012, foi agraciada com uma bolsa Global Training, a qual impulsionou sua carreira como lighting designer, passando a trabalhar no premiado escritório de iluminação Ljusarkitektur com sede em Estocolmo, Suécia. Depois de três longos invernos suecos, mudou-se para a ensolarada Barcelona, onde trabalhou no também premiado escritório de iluminação Artec3.

Enquanto isso, sua cidade natal foi proclamada capital europeia da cultura 2016, e sua tese de mestrado, Winter Solstice Call (Chamada para o Solstício de Inverno), foi selecionada como parte do calendário oficial dos eventos da cidade naquele ano.

Com esse projeto, nasceu a Suartez Lighting Commons, uma colaboração multidisciplinar entre profissionais de diferentes formações, estudantes e membros da sociedade em geral, com o objetivo de explorar o potencial das práticas conscientes em arquitetura de iluminação, por meio de uma série de atividades e workshops. Juntos, o grupo trouxe os princípios da iluminação arquitetural à escala urbana, criando sutis variações na cena noturna durante os períodos de solstício de inverno de 2014 a 2016.

Nora tem como objetivo continuar a compartilhar sua paixão pela luz e pela iluminação, como parte da sua existência, sempre aceitando novos desafios que a transcenda além.

Victor Palacio

México

É lighting designer baseado na Cidade do México, México, fundador do escritório ideas en luz e presidente do IALD – International Association of Lighting Designers. Com mais de 20 anos de experiência em arquitetura de iluminação, Palacio é autor de projetos relacionados ao Museu Nacional do México, a residências de alto padrão, a escritórios corporativos, a shopping centers, a áreas urbanas, a instituições e a monumentos históricos.
Tem, ainda, lecionado em cursos de Iluminação e é palestrante em diversos eventos e fóruns internacionais de iluminação.
Victor acredita no poder da luz de transformar os espaços, criando impacto positivo no bem-estar humano.